Como Gerir Minhas Finanças: a Facilidade de Categorizar

Hoje no nosso post vamos falar um pouquinho sobre o pilar de Gestão Financeira da nossa metodologia. Mas calma! Apesar de sério, o tema está longe de ser árido!

Na verdade, como já falamos por aqui, defendemos a ideia de que Educação Financeira deveria ser ministrada na escola. Infelizmente, no Brasil, esta ideia não é disseminada e a esmagadora maioria das instituições de ensino fundamental e médio não ministra a disciplina. No final das contas, acabamos aprendendo sobre dinheiro com nossos pais ou responsáveis, ou a partir de exemplos, que nem sempre são positivos ou nos ajudam.

Assim, nosso papel é trazer consciência e conhecimento sobre este assunto, ajudando o maior número possível de pessoas a conquistar alguma tranquilidade financeira.

Mas como devo me relacionar com meu Dinheiro?

Pois é! Esta parte é crucial para que a gente se prepare para falar sobre as categorizações. Como nós falamos aqui no blog da NFC, nossos Resultados (forma como nosso dinheiro é administrado) é consequência de nossas Atitudes, que por sua vez são materializações de nossos Sentimentos. Os Sentimentos são provenientes de nossos Pensamentos. E nossos Pensamentos são previamente pautados por nossas Crenças.

Resumindo, para entender: nossas Crenças e Valores norteiam nossos Pensamentos. Estes geram Sentimentos. Os Sentimentos geram Comportamentos que geram Resultados.

Então, para alterar definitivamente nossos Resultados, devemos alterar nossas Crenças e Valores.

Ok! Entendi. E depois de reconstruir minhas Crenças e estar preparado para falar de Dinheiro?

Após trabalharmos as Crenças Limitantes, vamos começar a falar de DINHEIRO propriamente dito.

Existem várias formas de fazer a Gestão Financeira e vários meios para isso. Nós desenvolvemos o nosso método.

Acreditamos que a forma mais fácil e rápida de fazer a administração da sua grana é separando sua renda em CATEGORIAS. É isso mesmo! Separar seu dinheiro em “caixinhas”, cada uma com uma intenção diferente, absorvendo cada tipo de gasto. É como se tivéssemos um tanto de dinheiro diferente para cada tipo de despesa.

Assim, dentre tantas e infindáveis propostas, a nossa se baseia numa ideia inicial de T. Harv Eker, e acreditamos que é extremamente eficiente separar seu dinheiro em 6 categorias. São elas:

  • Necessidades Essenciais – 55%
  • Tranquilidade Financeira – 10%
  • Fazer Pelo Outro – 5%
  • Diversão – 10%
  • Compras de Longo Prazo – 10%
  • Desenvolvimento Pessoal – 10%

Simples e fácil! Para cada despesa, uma categoria diferente. Notou que uma delas é a Tranquilidade Financeira? Pois é desta forma, que começamos a pavimentar esta trilha.

A pergunta que sempre surge neste momento é: e se minhas despesas não couberem nestas divisões, com estas porcentagens? A resposta é: simplifique. “Fácil falar. Difícil de fazer…”. Epa! Cuidado com suas crenças!!!

Por isso é fundamental conseguir alterar suas crenças e valores. Assim fica mais fácil decidir como cuidar do dinheiro e o que cortar – se for o caso.

O caminho para sua tranquilidade financeira pode estar bem mais perto do que você pensa. Reconstruindo suas Crenças e trabalhando com categorias de uma forma eficiente (e plantando seu futuro), não temos dúvidas de que todos alcançarão seus sonhos!

Até mais!

 

Graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade de Economia e Administração da USP e Pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas. Desenvolveu carreira em várias áreas do mundo corporativo, consolidando-se em Finanças, Marketing e Vendas, além de realizar projetos de consultoria para pequenas e médias empresas.
É apaixonado por pessoas, futebol, música e café.

 

2 thoughts on “Como Gerir Minhas Finanças: a Facilidade de Categorizar

    1. Olá!
      Como vai?
      Obrigado por nos acompanhar! Esperamos que nossos conteúdos supram suas necessidades.
      O layout do nosso site foi adquirido e aperfeiçoado por nossos desenvolvedores.
      Obrigado!
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *